Canal Saúde faz cobertura especial do 8º CBCSHS

Com um olhar atento e informativo, o Canal Saúde esteve presente no 8º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde – 8 CBCSHS e cobriu os pontos altos do evento, acompanhando o tempo da notícia e prestando sua contribuição para a construção da memória audiovisual da Saúde Coletiva.

A equipe do programa Bate Papo na Saúde aproveitou o evento para produzir dois programas. O primeiro, lançado na última segunda-feira, dia 14, teve a participação da presidente da Abrasco, Gulnar Azevedo e Silva, e do presidente do 8º CBCSHS, Martinho Silva.

“Uma sociedade não sobrevive sem entender sua existência. Não adianta desenvolvimento científico sem esse desenvolvimento na área das Ciências Humanas e Sociais” destacou Gulnar  a respeito do movimento de descrédito e asfixia da produção científica das Humanidades na conversa com o apresentador Renato Farias.

Gulnar falou ainda da vulnerabilidade dos povos originários brasileiros, da relação desses povos com o tema do Bem-Viver e o SUS e da atual conjuntura política para a ciência e tecnologia. “O grande desafio (à pesquisa) é continuar sendo financiada, pois historicamente ela já é subfinanciada. E precisamos não só manter o que temos de financiamento como aumentá-lo e garantir recursos a grupos que estejam começando, e não só aos centros de excelência” respondeu a presidente da Abrasco à ultima pergunta do primeiro bloco do programa.

Já Martinho Silva, entre outros tópicos, abordou a importância da abertura do evento ter reunido presenças históricas da Saúde Pública na celebração de 40 anos da Abrasco juntamente com, novas lideranças dos movimentos sociais, que ganharam um protagonismo ainda maior no evento.

“O congresso foi organizado de uma maneira que fosse acolhedor para estudantes e movimentos sociais, não só para que eles participem do evento, mas como também de todo o processo decisório” disse o presidente do evento, ressaltando essa participação da composição das comissões científica e organizadora local até a condução de GTs e plenárias. – Clique e assista ao programa.

O próximo Bate-Papo terá exibição no dia 28, segunda-feira, às 10 horas, e trará o pioneirismo da Educação Popular em Saúde e sua relação com as epidemiologias do Sul.

Com tom objetivo comum a qualquer jornal, acrescido de um olhar atento com doses de lirismo, a repórter  Neide Diniz apresentou um resumo dos dois primeiros dias do evento no semanário de notícias Em Pauta na Saúde, na sexta-feira, dia 04 de outubro. A matéria destacou a cerimônia de abertura, o aniversário da Associação e o ato público Primavera de luta pela Paz, que reuniu cerca de mil pessoas num cortejo político, social e científico do campus da UFPB até a Praça da Paz, no bairro Bancários, zona sul da capital paraibana. Clique e assista ao programa.

Além do apresentador Renato Farias e da repórter Neide Diniz, a equipe do Canal Saúde em João Pessoa teve na técnica os cinegrafistas Eduardo Paganini; André Gomes; Hiran de Castro, e o assistente de câmera Raphael Assumpção. Produção de Christovão Paiva (Bate Papo na Saúde) e Angélica Paulo (Em Pauta na Saúde); direção de Rodrigo Ponichi.

Confira o horário dos programas:

Bate Papo na Saúde: Horário inédito: Sexta – 13h
Segunda – 14h; Terça – 21h; Quarta – 9h30 e 14h; Quinta – 21h; Sexta – 9h30 e 14h; Sábado – 19h30; e Domingo – 18h30.

Em Pauta na Saúde: Horário inéditoSegunda – 10h
Horários alternativos:  Sexta – 16h30 e 19h45 / Sábado – 14h / Domingo – 19h / Segunda – 13h, 16h30 e 19h45 / Quarta – 13h, 16h30 e 19h45

 

Comments

comments

Deixe uma resposta