Ciência & Saúde Coletiva – Junho de 2015

A edição 20.6 de junho de 2015 da Revista Ciência & Saúde Coletiva tem como foco “Ideações e tentativas de suicídio em idosos no Brasil” um problema sério de saúde pública mundial em todas as faixas etárias, mas de forma mais preocupante, entre jovens e idosos. Segundo a Organização Mundial de Saúde, as taxas populacionais assim como as de morte autoinfligida nesse último grupo etário vêm crescendo em ritmo constante.

Ciência & Saúde Coletiva – Maio de 2015

Este número temático traz um conjunto de artigos que aproximam as questões de saúde, particularmente, da promoção da saúde, com as situações vividas e o apoio recebido pelas pessoas em seus lares e na comunidade. Por exemplo, em relação aos cuidados e aos diversos tipos de agravos resultantes da idade, da alimentação, dos hábitos e comportamentos; assim como aos processos que podem, a partir desse microuniverso gerar uma vida saudável. Em geral, os pesquisadores partem da análise de organizações complexas como a família ou a comunidade para explicar a saúde individual.

Ciência & Saúde Coletiva – Abril de 2015

Este número que trata de Desigualdades em Saúde se inicia com um belo editorial escrito por Ilona Kickbusch do Graduate Institute of International and Development Studies (Genebra, Suíça), autora reconhecida no mundo inteiro por sua contribuição como consultora da OMS e de vários países sobre promoção da saúde e saúde global. Tem também a participação, além dos autores brasileiros, de pesquisadores de vários países como Portugal, Espanha, México e Colômbia, a respeito de desigualdades sociais e de saúde, direitos humanos e justiça social, carga de doenças, relações entre gênero, desigualdade e saúde e mortes e agravos evitáveis, dentre outros.

Ciência & Saúde Coletiva – Março de2015

Esta edição trata da vigilância a doenças e agravos não transmissíveis e traz artigos sobre o uso sistemático e regular de pesquisas como o Vigitel, para captar mudanças nas taxas de prevalência de comportamentos e de riscos para a saúde; sobre a notificação universal de eventos e agravos significativos (como a violência interpessoal); sobre o uso de dados administrativos (de emergência e hospitalares, para rastrear lesões) e sobre técnicas de articulação (linkage), captura e recaptura de dados para melhorar os sistemas de informação; e sobre a assistência à população vítima das enfermidades crônicas e degenerativas, traumas e agravos.

Ciência & Saúde Coletiva – Fevereiro de 2015

Esta edição apresenta artigos sobre os mais diferentes aspectos da área de saúde mental: perfil de moradores de hospitais psiquiátricos em processo de desinstitucionalização; estudo etnográfico de pacientes egressos; dispensação de medicamentos nos Centros de Atenção Psicossocial; construção de redes de cuidado nos territórios; acolhimento dos familiares; clínica nas instituições de saúde mental; revisões sobre saúde mental na atenção primária e sobre redes assistenciais de atenção a usuários de drogas. Todos os estudos convergem para mostrar a Reforma Psiquiátrica como uma realidade em construção.

Ciência & Saúde Coletiva – Janeiro de 2015

O editorial deste número celebra os 20 anos desta Revista e inaugura uma seção denominada “Os construtores da saúde coletiva”. A edição trata dos “Riscos e da proteção à saúde dos adolescentes”. Focaliza, sobretudo, a relação entre estilo de vida e vulnerabilidades num grupo social em que as idiossincrasias da idade e da personalidade quando agravadas pelas desigualdades sociais e pela cultura de violência constituem risco para delinquência, agressões, mortes e institucionalização.

Ciência & Saúde Coletiva – Dezembro de 2014

Este número foi organizado com o intuito de contribuir para o debate da IV Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador, cujo objetivo é aprofundar a efetivação da política para o setor, instituída em 2012. Os textos focalizam o fortalecimento da Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT): sua integração com os demais componentes da Vigilância em Saúde; meios de tornar suas práticas mais eficazes e experiências relacionadas aos diferentes segmentos e ambientes de trabalho.

Ciência & Saúde Coletiva – Novembro de 2014

A edição 19.11 da Revista Ciência & Saúde Coletiva contém os resultados da mais importante pesquisa avaliativa até hoje realizada sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS) e sua articulação com outras políticas de saúde como a Estratégia Saúde da Família e programas sociais e socioambientais. As análises feitas abrangem o período de 2006 quando a PNSP foi implantada até o momento presente (2014).

Ciência & Saúde Coletiva – Outubro de 2014

Esta edição traz a contribuição de pesquisadores de todas as regiões do país sobre como a questão ambiental está imbricada com a questão social e de saúde: trata dos mais diferentes grupos afetados pelos desmandos ambientais; analisa os problemas de poluição das águas, do ar, do solo e as intoxicações e contaminações por agrotóxicos; e problematiza a ação humana que degrada o planeta e as doenças e agravos que decorrem das intervenções desastradas que visam apenas lucro e poder.

Ciência & Saúde Coletiva – Setembro de 2014

Este número temático apresenta 13 artigos sobre os efeitos dos desastres naturais nas pessoas e no ambiente. Desses, cinco têm foco nos impactos sobre a saúde; três abordam a organização do setor para dar resposta às catástrofes; quatro tratam dos impactos econômicos e da associação com doenças como dengue e leptospirose; e um analisa a base de dados “Desastres da BVS”.